Pular para o conteúdo
personal trainer

Fique livre das varizes: confira dicas simples e eficazes!

varizes

Varizes são veias dilatadas e tortuosas que surgem na superfície da pele, especialmente nas pernas. Elas se formam quando as válvulas que controlam o fluxo de sangue no sentido correto ficam danificadas ou enfraquecidas. As varizes podem aparecer em pessoas de todas as idades, gêneros e etnias, mas são mais comuns em mulheres e idosos.

Embora as varizes sejam geralmente um problema estético, elas também podem representar um risco à saúde, especialmente quando se trata de varizes profundas. Essas veias dilatadas se encontram mais abaixo da pele e, em casos graves, podem levar a coágulos sanguíneos perigosos, que podem se soltar e causar uma embolia pulmonar, por exemplo. Por isso, é importante tratar as varizes profundas adequadamente, para prevenir complicações sérias que podem levar à morte.

Quer saber mais sobre as varizes e como elas podem afetar sua saúde? Continue lendo e descubra como prevenir, tratar e viver com esse problema que atinge milhões de pessoas em todo o mundo!

O que são varizes?

Varizes são veias dilatadas e tortuosas que surgem na superfície da pele, especialmente nas pernas, mas também podem ocorrer em outras partes do corpo. Essas veias dilatadas são causadas pela falha das válvulas que controlam o fluxo sanguíneo. As veias saudáveis têm válvulas que abrem para permitir que o sangue flua em uma direção, em direção ao coração, e se fecham para evitar que o sangue flua na direção oposta. Quando essas válvulas não funcionam corretamente, o sangue pode fluir de volta e se acumular nas veias, causando a dilatação e o surgimento das varizes.

As varizes podem ocorrer em pessoas de todas as idades, gêneros e etnias, mas são mais comuns em mulheres e idosos. Além disso, existem vários fatores de risco que podem contribuir para o surgimento das varizes, como a obesidade, histórico familiar, sedentarismo, gravidez e o uso de pílulas anticoncepcionais.

As varizes nas pernas são as mais comuns e geralmente causam dor, inchaço e sensação de peso nas pernas. Além disso, as veias dilatadas podem causar coceira e descamação da pele. Se não tratadas, as varizes nas pernas podem piorar ao longo do tempo.

Quais os sintomas das varizes?

Os sintomas das varizes podem variar de acordo com a gravidade e a localização das veias afetadas. Algumas pessoas podem ter varizes que são apenas uma questão estética, enquanto outras podem sentir dor intensa e desconforto. Abaixo estão os principais sintomas das varizes:

Veias dilatadas e tortuosas:

Esse é o sintoma mais óbvio das varizes. As veias afetadas se tornam dilatadas, inchadas e tortuosas, geralmente aparecendo como uma teia de aranha azul ou roxa nas pernas ou em outras partes do corpo.

Dor e sensação de peso nas pernas:

As varizes podem causar dor nas pernas, que pode variar de leve a intensa. Além disso, muitas pessoas sentem uma sensação de peso nas pernas, que pode piorar ao longo do dia.

Inchaço nas pernas e tornozelos:

As varizes podem levar ao inchaço nas pernas e tornozelos, que geralmente é pior no final do dia e melhora durante a noite.

Cãibras musculares:

As cãibras nas pernas são um sintoma comum das varizes. As cãibras podem ocorrer durante a noite e podem ser dolorosas.

Coceira e descamação da pele:

A pele ao redor das varizes pode ficar seca, coçando e descamando, o que pode causar desconforto.

Úlceras na pele:

Em casos graves, as varizes podem causar úlceras na pele. Essas úlceras são geralmente dolorosas e demoram para cicatrizar.

Sangramento:

Em casos raros, as varizes podem causar sangramento. Isso ocorre quando a pele acima das veias afetadas fica fina e frágil, permitindo que as veias se rompam e causem sangramento.

É importante lembrar que nem todas as pessoas com varizes apresentam sintomas. Algumas pessoas podem ter varizes que são apenas uma questão estética, sem causar dor ou desconforto. No entanto, se você apresentar algum dos sintomas acima, consulte um médico para avaliar a gravidade do problema e discutir as opções de tratamento disponíveis.

O que causa as varizes?

As varizes são causadas pela incapacidade das veias de retornarem o sangue das extremidades do corpo de volta ao coração de forma eficiente. Isso pode ocorrer por uma série de fatores, incluindo:

Envelhecimento:

Com o envelhecimento, as paredes das veias podem enfraquecer e se tornar menos elásticas, tornando mais difícil para as veias transportarem o sangue de volta ao coração.

Sexo feminino:

As mulheres têm uma probabilidade maior de desenvolver varizes do que os homens. Isso se deve em parte aos hormônios femininos, que podem enfraquecer as paredes das veias.

Gravidez:

Durante a gravidez, o volume de sangue no corpo aumenta, o que pode sobrecarregar as veias e causar varizes. Além disso, os hormônios femininos e a pressão do útero em crescimento podem contribuir para o problema.

Obesidade:

O excesso de peso pode aumentar a pressão nas veias das pernas, tornando mais difícil para as veias transportarem o sangue de volta ao coração.

Sedentarismo:

A falta de atividade física pode levar a uma má circulação sanguínea e enfraquecer as paredes das veias.

Fatores genéticos:

A tendência a desenvolver varizes pode ser herdada. Se outros membros da sua família têm varizes, você pode estar mais propenso a desenvolvê-las também.

Traumas nas pernas:

Lesões ou traumas nas pernas podem danificar as veias e levar ao desenvolvimento de varizes.

Outras condições médicas:

Algumas condições médicas, como a trombose venosa profunda, podem aumentar o risco de varizes.

Em geral, as varizes são causadas por uma combinação de fatores, e muitas pessoas têm vários desses fatores que contribuem para o problema. É importante discutir seus sintomas e histórico médico com um médico para determinar a causa das suas varizes e discutir as opções de tratamento disponíveis.

Veja também

Personal Kids: A Maneira Divertida e Eficaz de Fazer Seu Filho se Mover Mais e Ser Mais Saudável
O que é tendinite, causas, fatores de risco e tratamento?
Personal trainer: O que é, o que ele faz e 5 benefícios que só ele pode lhe oferecer
Desvendando os Segredos da Calistenia: Benefícios, Exercícios e Dicas para Iniciantes

Quais os tipos de varizes?

Existem diferentes tipos de varizes, que podem ser classificadas de acordo com sua localização, tamanho e gravidade. Abaixo, detalhamos os principais tipos de varizes:

Varizes superficiais:

São as varizes mais comuns e podem ser vistas na superfície da pele, geralmente nas pernas. Elas são veias dilatadas e tortuosas que se tornam visíveis sob a pele, e podem ser acompanhadas de sintomas como dor, inchaço e sensação de peso nas pernas. As varizes superficiais são geralmente tratadas com procedimentos minimamente invasivos, como escleroterapia ou laser.

Varizes reticulares:

São veias que se localizam logo abaixo da superfície da pele e aparecem como linhas finas de cor azul ou verde. Elas são um pouco maiores do que os vasinhos e são frequentemente associadas às varizes superficiais. O tratamento para varizes reticulares pode incluir escleroterapia ou laser.

Vasinhos ou telangiectasias:

São pequenas veias superficiais que se dilatam e ficam visíveis na pele como linhas finas, de cor vermelha ou azul. Embora geralmente não causem sintomas, os vasinhos podem ser um problema estético para algumas pessoas. O tratamento pode incluir escleroterapia ou laser.

Varizes tronculares:

São varizes que afetam as veias principais da perna, como a veia safena. Elas podem ser dolorosas e causar inchaço nas pernas, e geralmente requerem tratamento mais invasivo, como a cirurgia de remoção de veias.

Varizes secundárias a outras doenças:

Algumas condições médicas, como trombose venosa profunda, tumores pélvicos ou obstrução venosa, podem causar o surgimento de varizes secundárias. O tratamento para essas varizes pode envolver o tratamento da condição subjacente.

Varizes esofágicas:

São varizes que se formam nas veias do esôfago, geralmente como resultado de uma doença hepática crônica. Essas varizes são perigosas, pois podem se romper e causar hemorragia interna. O tratamento pode incluir medicamentos ou procedimentos endoscópicos para prevenir a ruptura das varizes.

Dez dicas para prevenir as varizes

Existem algumas medidas que podem ser tomadas para prevenir ou minimizar o desenvolvimento de varizes. Abaixo estão 10 dicas úteis para evitar o aparecimento de varizes:

1. Mantenha-se ativo: A atividade física regular é importante para manter uma boa circulação sanguínea e evitar a formação de varizes. Tente caminhar, correr, nadar ou praticar outros exercícios aeróbicos pelo menos 30 minutos por dia.

2. Evite o sedentarismo: Sentar ou ficar em pé por longos períodos pode aumentar a pressão nas veias das pernas e levar à formação de varizes. Tente se levantar e se movimentar a cada hora, mesmo que seja apenas para andar um pouco.

3. Use meias de compressão: Meias de compressão podem ajudar a apoiar as veias das pernas e melhorar a circulação sanguínea. Eles também podem ajudar a reduzir o inchaço e a fadiga nas pernas.

4. Mantenha um peso saudável: O excesso de peso pode aumentar a pressão nas veias das pernas e contribuir para o desenvolvimento de varizes. Mantenha um peso saudável por meio de uma dieta equilibrada e exercícios regulares.

5. Evite roupas apertadas: Roupas apertadas podem dificultar a circulação sanguínea nas pernas. Tente usar roupas confortáveis e folgadas, especialmente em torno da cintura, virilha e coxas.

6. Eleve as pernas: Elevar as pernas acima do nível do coração pode ajudar a aliviar a pressão nas veias das pernas e melhorar a circulação sanguínea. Tente levantar as pernas durante o dia, sempre que possível.

7. Evite cruzar as pernas: Cruzar as pernas pode restringir a circulação sanguínea nas pernas, aumentando a pressão nas veias. Tente manter as pernas esticadas ou em um ângulo de 90 graus em relação ao chão.

8. Reduza o sal: O sal pode contribuir para a retenção de líquidos e inchaço nas pernas. Tente reduzir sua ingestão de sal e escolher alimentos com baixo teor de sódio.

9. Mantenha-se hidratado: A desidratação pode aumentar a viscosidade do sangue, tornando mais difícil para as veias transportarem o sangue de volta ao coração. Beba bastante água ao longo do dia para manter uma boa hidratação.

10. Não fume: Fumar pode danificar as paredes das veias e prejudicar a circulação sanguínea. Se você fuma, tente parar ou reduzir o consumo de cigarros.

Lembre-se de que essas medidas preventivas podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver varizes, mas não garantem que você nunca terá o problema. Se você notar qualquer sintoma de varizes, como veias dilatadas, dor ou inchaço nas pernas, é importante procurar um médico para avaliar a gravidade do problema e discutir as opções de tratamento disponíveis.

Como tratar as varizes?

O tratamento de varizes pode ser feito com uma série de técnicas que visam melhorar a circulação sanguínea nas veias das pernas, aliviar os sintomas e prevenir complicações.

Abaixo estão alguns dos principais tratamentos para varizes:

Escleroterapia:

Este procedimento é usado para tratar veias varicosas menores. É feita a injeção de uma solução esclerosante na veia afetada, fazendo com que ela se feche e desapareça gradualmente. Este procedimento pode ser feito em consultório médico, e não é necessário anestesia ou tempo de recuperação.

Ablação por radiofrequência:

Este é um procedimento minimamente invasivo que envolve a inserção de um cateter na veia afetada e a aplicação de energia de radiofrequência para selar a veia. A veia se fecha e o sangue é redirecionado para outras veias saudáveis. Este procedimento é feito em consultório médico com anestesia local e apresenta poucos efeitos colaterais.

Ablação a laser:

Este procedimento é semelhante à ablação por radiofrequência, mas em vez disso, usa um laser para selar a veia afetada. O laser é guiado através de um cateter inserido na veia, e a veia é selada pelo calor do laser. Esse tratamento é menos invasivo que a cirurgia tradicional e apresenta resultados satisfatórios.

Flebectomia:

Este é um procedimento cirúrgico que envolve a remoção das veias afetadas através de pequenas incisões na pele. É geralmente reservado para casos mais graves de varizes, onde outros tratamentos não foram eficazes. Este procedimento é feito em ambiente hospitalar sob anestesia geral ou regional.

Cirurgia de ligadura e remoção:

Este é outro tipo de cirurgia para remover veias varicosas. Durante o procedimento, as veias afetadas são amarradas e removidas. Geralmente é feito em ambiente hospitalar sob anestesia geral ou regional.

Meias de compressão:

O uso de meias de compressão pode ser um tratamento não invasivo para varizes. As meias comprimem suavemente as pernas, melhorando a circulação sanguínea e ajudando a reduzir o inchaço e a dor nas pernas.

Mudanças no estilo de vida:

Além dos tratamentos médicos, é importante manter um estilo de vida saudável e ativo. Exercícios regulares, dieta equilibrada, redução do sal, evitar ficar sentado ou em pé por longos períodos de tempo e manter um peso saudável podem ajudar a prevenir o desenvolvimento de novas varizes.

É importante lembrar que o tratamento escolhido depende da gravidade do caso e da recomendação do médico. É recomendável sempre buscar orientação médica antes de decidir sobre o tratamento adequado.

Perguntas frequentes sobre varizes

Como evitar varizes?

Algumas dicas para prevenir o aparecimento de varizes são manter um estilo de vida saudável e ativo, evitar ficar em pé ou sentado por longos períodos, usar meias de compressão, manter um peso saudável e fazer exercícios regularmente.

Existe creme para varizes?

Sim, existem cremes que ajudam a aliviar os sintomas de varizes, mas eles não curam a doença. Os cremes geralmente contêm ingredientes como vitamina K, ginkgo biloba, castanha-da-índia e hamamélis, que ajudam a melhorar a circulação sanguínea e reduzir a aparência das veias varicosas.

O que é varizes esofágicas?

Varizes esofágicas são veias anormalmente dilatadas no esôfago, que podem ser causadas por cirrose hepática ou outras doenças hepáticas. Essas varizes podem ser perigosas, pois podem romper e causar sangramento grave.

Quais os sintomas da varizes inflamadas?

Os sintomas de varizes inflamadas incluem dor, inchaço, vermelhidão, coceira e sensação de peso nas pernas.

Quais os protocolos para remoção de varizes?

Os protocolos para remoção de varizes dependem do grau de gravidade da doença. Alguns procedimentos incluem escleroterapia, ablação por radiofrequência, ablação a laser, flebectomia e cirurgia de ligadura e remoção.

Como evitar varizes na gestação?

Algumas dicas para evitar varizes durante a gestação incluem fazer exercícios leves regularmente, manter um peso saudável, evitar ficar sentado ou em pé por longos períodos de tempo e usar meias de compressão.

O que são varizes pélvicas?

Varizes pélvicas são veias anormalmente dilatadas na região pélvica, que podem causar dor, inchaço e desconforto. As mulheres são mais propensas a desenvolver varizes pélvicas devido às mudanças hormonais e estruturais durante a gestação.

Qual médico trata as varizes?

O médico que trata varizes é o angiologista ou o cirurgião vascular.

Quando devo me preocupar com as varizes?

Deve-se procurar um médico se as varizes estiverem causando dor, inchaço, vermelhidão, coceira ou qualquer outro sintoma desconfortável. Além disso, é importante procurar ajuda médica se ocorrerem úlceras nas pernas ou qualquer tipo de sangramento das veias.

Quais os remédios para tratar as varizes?

Os remédios para tratar as varizes incluem anti-inflamatórios, analgésicos, anticoagulantes e medicamentos que melhoram a circulação sanguínea. É importante lembrar que somente um médico pode indicar o tratamento mais adequado para cada caso.

Qual a diferença entre varizes e vasinhos?

Varizes são veias dilatadas e tortuosas que podem ser vistas sob a pele, geralmente nas pernas. Já os vasinhos, também conhecidos como telangiectasias, são veias muito pequenas que aparecem como linhas finas vermelhas ou azuis na superfície da pele. Embora as varizes e os vasinhos sejam diferentes em tamanho e aparência, ambos podem ser causados por problemas na circulação sanguínea e podem ser tratados por um médico especializado.

Qual a diferença entre varizes e trombose?

Varizes são veias dilatadas e tortuosas que podem ser vistas sob a pele, enquanto a trombose é a formação de um coágulo sanguíneo em uma veia profunda do corpo. Embora ambas as condições possam estar relacionadas a problemas de circulação sanguínea, as varizes geralmente não são perigosas, enquanto a trombose pode ser uma condição médica grave que pode levar a complicações graves, como embolia pulmonar. É importante procurar um médico imediatamente se houver suspeita de trombose.

Quer emagrecer ou ganhar massa muscular?

Com a consultoria fitness online, você pode alcançar seus objetivos de forma rápida e eficiente